Jardim e Bodoquena terão palestra sobre transformação social esta semana

Alemberg Quindins é reconhecido e premiado como agente transformador da realidade social incentivando crianças do nordeste brasileiro a empoderar-se a partir de sua criatividade.

Por Fabio Pellegrini/Sectei

A Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Inovação e Empreendendorismo (Sectei) realiza esta semana duas palestras, sendo uma em Jardim, na próxima quinta-feira (28), às 17 horas, no Auditório da AEJAR, e outra em Bodoquena, na sexta-feira (29), às 16h no Memorial Serra da Bodoquena, referentes ao tema Turismo, Cultura, Empreendedorismo e Inovação Social.

As palestras terão formato de roda de conversa e serão conduzidas por Alemberg Quindins e a arqueóloga Rosiane Limaverde, coordenadores da Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, uma organização não-governamental que tem por missão educar crianças e jovens por meio da gestão cultural e do protagonismo juvenil. As palestras são gratuitas.

Alemberg e Rosiane irão relatar suas experiências de transformar a realidade de crianças do nordeste brasileiro incentivando-as a empoderar-se a partir de suas brincadeiras. “Vamos contar como uma comunidade do interior do país conseguiu transformar sua realidade social a partir do poder da criatividade das crianças e a experiência dos mais velhos. O interior do país produz tantas pessoas importantes para a intelectualidade e isso precisa ser incentivado e destacado. Não podemos deixar as crianças apenas consumindo tecnologia. Elas têm é de produzir a tecnologia visando a melhoria de sua comunidade”.

Alemberg Quindins é músico de formação popular, pintor naif, escritor de literatura infanto-juvenil e historiador autodidata. Em 1999 inspirou o diretor Guel Arraes a criar o personagem Xicó, do filme O Auto da Compadecida. Em 2000, como consultor da Unicef, contribuiu para a criação da Rede de Jovens Comunicadores nas rádios nacionais de Angola e Moçambique. Em 2000 recebeu o prêmio de melhor projeto de educação e projeto mais criativo do Estado do Ceará.

Em 2002 recebeu o título de empreendedor social (fellow) da instituição Ashoka de apoio à inovação social e empreendedorismo; em 2004 recebeu a medalha Ordem do Mérito Cultural do Ministério da Cultura. Em 2005 recebeu o título de líder da Fundação Avina. Em 2006 recebeu o selo de responsabilidade social do governo do Estado do Ceará.

Em 2008 recebeu o prêmio Valores do Brasil, do Banco do Brasil. Em 2009 recebeu o prêmio Empreendedor Social da Folha de São Paulo; em 2010 recebeu o prêmio Trip Transformadores, da revista Trip. Em 2010 recebeu da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul a medalha da Ordem do Mérito da Farroupilha.

Em 2013 recebeu o prêmio Amigo da Criança das instituições Save the Children e Fundação Abrinq; publicou o livro infantil “Icasa do meu coração”. Em 2014, durante a Copa do Mundo, participou da esposição “Futebol: paixão brasileira” – no Museu Internacional de Art Naif do Brasil, no Rio de Janeiro. Em 2014 recebeu o Prêmio Nacional de Projetos com Participação Infantil do CECIP (Centro de Criação de Imagem Popular).

Serviço: Roda de Conversa Turismo, Cultura e Empreendedorismo.

Jardim, MS: quinta-feira (28), às 17 horas, no Auditório da AEJAR;

Bodoquena: sexta-feira (29), às 16h no Memorial Serra da Bodoquena.

Entrada franca.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*